29 de setembro de 2011

Oração não desfaz maldição.


Não tem jeito!
Há situações que nem oração resolve.
Veja o caso do rei Davi, por exemplo.
Satanás o incitou a levantar o censo de Israel. Não havia necessidade. Até aquele momento Israel tinha conquistado muitas vitórias sobre seus inimigos.
Era amado pelo povo e, sobretudo, pelo Deus de seus pais.
Mas movido pela fraqueza da vaidade queria saber dos números de soldados para os próximos embates.
Ou seja, desprezou o auxílio Divino para apoiar-se na força física. Tal pecado abominável suscitou a ira de Deus.
O conselho de seu fiel comandante não teve efeito. O conceito elevado de si mesmo o havia cegado. Satanás se aproveitou disso e tirou vantagem.
O orgulho do rei subiu à cabeça e seu pecado aos céus.
“…o que semeia para a sua própria carne da carne colherá corrupção” Gálatas 6.8.
Davi plantou orgulho e colheu maldição.
A partir daí, as orações do rei não tinham qualquer efeito diante de Deus.
Nem sua confissão e arrependimento moveram o coração de Deus.
Os céus se fecharam para Davi porque a maldição já tinha sido determinada.
Ainda assim, o Senhor lhe deu três opções de punição:
1- Três anos de fome em Israel;
2- Três meses nas mãos inimigas ou
3- Três dias de peste em todo Israel.
Então respondeu ao profeta: “Estou em grande angústia; caia eu, pois, nas mãos do Senhor, porque são muitíssimas as Suas misericórdias, mas nas mãos dos homens não caia eu”. I Crônicas 21.13
E agora, o que fazer para reverter aquela situação?
Orações? Clamores? Louvores?
Ofertas? Jejuns? Vigílias?...
Que atitude de fé poderia tocar a Deus para cessar a maldição?
Vestido de humilhação (pano de saco), Davi insistiu com Deus:
“Não sou eu o que disse que se contasse o povo? Eu é que pequei, eu é que fiz muito mal; porém estas ovelhas que fizeram? Ah! Senhor, meu Deus, seja, pois, a Tua mão contra mim e contra a casa de meu pai e não para castigo do Teu povo.” I Crônicas 21.17
Finalmente, veio a resposta do próprio Deus:
Sacrifício na Eira de Araúna, local que mais tarde viria a ser construído o Templo de Salomão.
Neste domingo, iremos à construção do Templo de Salomão para apresentar o sacrifício dos amaldiçoados.
Se o leitor carrega em si uma maldição, e estiver interessado em participar deste propósito de fé, entregue seu sacrifício até domingo em qualquer IURD.
Deus tenha compaixão dos caídos!

Não há problema órfão.



Não foi à toa que o Senhor Jesus disse: “Pelo fruto se conhece a árvore.” Mateus 12.33
Ele sabia muito bem o que estava falando e onde queria chegar.
A princípio, Ele apelou para a lógica: Se isso, então aquilo. Nesse caso, se o fruto é bom, a árvore é boa. Se o fruto é ruim, a árvore é ruim.
Isso é lógico, inteligente e indisputável. Deus nos chama a essa inteligência. Ele quer que usemos a lógica para descobrir a raiz de nossos problemas.
Por mais de vinte e poucos anos, no meu trabalho, eu venho aconselhando pessoas com os mais diversos problemas. Raramente alguém chega até nós sabendo qual é a raiz do seu problema.
Normalmente, as pessoas querem a solução do problema visível, que está lhe causando dor naquele momento. Elas não se dão conta de que todo problema tem uma origem, uma raiz.
Falam em querer arrumar um emprego, melhorar a comunicação no relacionamento, deixar um vício etc. Só que tudo isso são apenas “folhas” e “galhos” de uma árvore que tem uma raiz muito mais profunda.
Não há problema órfão.
O desemprego foi gerado por um ou mais fatores. A falta de comunicação acontece por outras razões maiores que estão afetando o relacionamento. O vício é apenas um sintoma, não a doença em si.
Assim como ninguém nasce sem a ação de um pai e de uma mãe, nenhum problema vem do nada.
Lógica e inteligência. É com essas armas que Deus quer que lutemos contra nossos problemas.
Você quer aprender a usá-las?
Neste domingo, iniciaremos uma campanha de 7 domingos para ensinar as pessoas a descobrir a raiz dos seus problemas.

13 de setembro de 2011

Vale a pena meditar


"Para celebrar o meu envelhecimento, certo dia eu escrevi as 45 lições que a vida me ensinou. É a coluna mais solicitada que eu já escrevi.
Meu hodômetro passou dos 90 em agosto, portanto aqui vai a coluna mais uma vez:
1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiver em dúvida, dê somente o próximo passo, pequeno .
3. A vida é muito curta para desperdiçá-la odiando alguém.
4. Seu trabalho não cuidará de você quando você ficar doente. Seus amigos e familiares cuidarão. Permaneça em contato.
5. Pague mensalmente seus cartões de crédito.
6. Você não tem que ganhar todas as vezes. Concorde em discordar.
7. Chore com alguém. Cura melhor do que chorar sozinho.
8. É bom pedir perdão a Deus todos os dias, e ser fiel a Ele.
9. Economize para a aposentadoria, começando com seu primeiro salário.
10. Quanto ao chocolate, é inútil resistir.
11. Faça as pazes com seu passado, assim ele não atrapalha o presente.
12. É bom deixar suas crianças verem que você chora.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem ideia do que é a jornada deles.
14. Se um relacionamento tiver que ser um segredo, você não deveria entrar nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos, mas não se preocupe Deus nunca pisca.
16. Respire fundo. Isso acalma a mente.
17. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonita ou alegre.
18. Qualquer coisa que não o matar o tornará realmente mais forte.
19. Nunca é muito tarde para ter uma infância feliz. Mas a segunda vez é por sua conta e de mais ninguém.
20. Quando se trata do que você ama na vida, não aceite um não como resposta.
21. Acenda as velas, use os lençóis bonitos, use roupa chique. Não guarde isto para uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Prepare-se mais do que o necessário, depois siga com o fluxo.
23. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém mais é responsável pela sua felicidade, somente você.
26. Enquadre todos os assim chamados "desastres" com estas palavras: 'Em cinco anos, isto importará?'
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo de todo mundo.
29. O que as outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo.
31. Não importa quão boa ou ruim é uma situação, ela mudará.
32. Não se leve muito a sério. Ninguém faz isso.
33. Acredite em milagres.
34. Deus ama você muito, converse com Ele, conte pra Ele suas tristezas e angústias, Ele te dará paz e perdão.
35. Não faça auditoria na vida. Destaque-se e aproveite-a ao máximo agora.
36. Envelhecer ganha da alternativa ‘morrer jovem’.
37. Suas crianças têm apenas uma infância.
38. No final, tudo que verdadeiramente importa é que você amou.
39. Saia de casa todos os dias. Os milagres estão esperando em todos os lugares.
40. Se todos nós colocássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos todos os outros como eles são, nós pegaríamos nossos mesmos problemas de volta.
41. A inveja é uma perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.
42. O melhor ainda está por vir.
43. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se bem e apareça.
44. Produza!
45. A vida não está amarrada com um laço, mas ainda é um presente.”