4 de agosto de 2011

3º Dia do jejum de Daniel


Autoridade dos filhos
O Senhor Jesus Cristo é Verbo, que “Veio para o que era seu (Israel), e os Seus (os filhos de Israel) não O receberam. Mas, a todos quantos O receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no Seu Nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.” João 1.11-13
Os nascidos do Espírito de Deus têm poder.
Ou seja, eles têm a autoridade do Deus-Pai até para perdoar pecados. (João 20.23).
Quanto mais para vencer o inferno deste mundo! ( I João 5.4).
Mas…
Por que os que têm recebido Jesus não têm tido o poder de filhos de Deus?
Porque nasceram do sangue (casual), ou porque nasceram da vontade da carne (fruto da promiscuidade humana), ou porque nasceram da vontade do homem (sonho dos pais).
Quer dizer, nenhum desses filhos nasceu pela vontade de Deus. Por isso, não têm o poder de filhos de Deus.
Só é considerado legítimo filho de Deus quem nasce do Espírito de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário